Valores a Receber – Como fazer consulta no novo sistema do Banco Central



O Banco Central lançou a primeira fase do sistema de valores a receber, uma plataforma para saber se sobrou algum recurso guardado de antigos relacionamentos com instituições financeiras.



Valores a receber — Foto: Jornal Nacional/ ReproduçãoA partir desta segunda (14/02/2022) já é possível conferir no site do Banco Central – com CPF ou CNPJ – se existe dinheiro de parcelas de empréstimo e tarifas cobradas indevidamente; recursos não procurados após encerramento de grupos de consórcio; cotas de capital a devolver em cooperativas de crédito; e saldo de contas encerradas.

Estão guardados R$ 8 bilhões, estima o Banco Central, que devem ser devolvidos por alguns milhões de brasileiros. Ou seja, ninguém espera ficar rico com o dinheirinho guardado no banco.

Como acessar

O serviço pode ser acessado a partir da aba “Valores a Receber” no site do Banco Central, disponível no site do Banco Central.

Acesse: https://valoresareceber.bcb.gov.br/publico/

Caso tenha valores a receber, no momento da consulta você receberá data e período para consultar e solicitar o resgate do saldo existenteAs datas serão agendadas de acordo com o ano de nascimento da pessoa ou da criação da empresa, conforme calendário abaixo.

Data de nascimento (pessoa) ou de criação (empresa) Período de agendamento (consulta e resgate) Data de repescagem (para quem perder a data agendada)
Antes de 1968 7 a 11/3 12/3
Entre 1968 e 1983 14 a 18/3 19/3
Após 1983 21 a 25/3 26/3

Quando receber o agendamento, confira se foi para o período de 4h às 14h ou de 14h às 24h. Se você esquecer ou perder a data e o período, não tem problema. Consulte novamente e receba a mesma informação.

Não deixe de voltar ao site valoresareceber.bcb.gov.br na data e período informados. Se não comparecer nessa data e período, você terá que voltar no sábado da repescagem, de acordo com o calendário acima. A repescagem vai funcionar durante todo o dia, das 4h às 24h.

Como receber

Caso tenha valores a serem resgatados, o usuário poderá receber o dinheiro de duas formas:

  • diretamente via PIX na conta indicada no sistema do Registrato, para bancos e instituições financeiras que aderiam a um termo específico junto ao BC;
  • em um meio de pagamento ou transferência a ser informado pela instituição bancária, nos demais casos. Aqui, o beneficiário informará seus dados de contato no sistema para receber a comunicação.